Social Icons

Comprar a Granel

12 de novembro de 2020

Aos poucos estou a tentar mudar alguns hábitos cá em casa, nomeadamente, no que diz respeito às compras. É muito mais fácil e rápido irmos ao supermercado e enfiar os pacotes de tudo e mais alguma coisa no cesto das compras (tantas vezes o fiz e faço ainda em última instância), mas tento contrariar essa tendência e comprar a granel; não por ser moda, mas porque sai muito mais barato! 

Na nossa casa não existe despensa, então esta simples prateleira com frascos ikea foi o "salva-vidas" que rapidamente se tornou numa suposta despensa. Já devem ter reparado nesta fotografia em outros posts no Instagram. 

Aqui nestes frascos de vidro é onde guardo tudo, desde as massas, ao arroz, às farinhas, às aromáticas ervas secas e às cheirosas e mágicas especiarias. Também se guardam as bolachas e os cereais para os mais gulosos cá de casa! Em suma, nos vidros podemos guardar todos os secos e desidratados. Nas minhas prateleiras os frascos são quase todos ikea, porque já têm imensos anos e porque hermeticamente fecham muito bem. A nossa micro cozinha é muito húmida no inverno, alguns alimentos criavam rapidamente bolor e assim fica tudo mais protegido, sem correr o risco de os alimentos se estragarem. Também tenho uma panóplia de frascos reutilizados: desde os de polpa de tomate, de doces, de mel, etc... 


As compras:

Por norma aproveito os mercados de rua mensais da nossa região e é aí que tento reabastecer a despensa. É também uma simples forma de dar algum apoio e suporte a quem mais precisa. 

Costumo comprar muita abóbora, porque estamos na altura dela e parti-la e congelá-la para a sopa, ou para uma compota ou puré. Aproveito e compro também ramos de manjericão, oregãos, salsa e corto tudo e congelo. Adoro mercados e feiras, pena que agora tenhamos que circular com mais cuidado e fazer tudo em modo apressado. 

Uma forma de oferecer um presente original e diferente é mesmo ir a um mercado de rua e comprar alguns alimentos e oferecer num cabaz usado que tenhamos a mais em casa. Ou fazer uma compota de abóbora, com umas bolachas de aveia, canela e noz feitas por nós. São gestos muito significativos e estamos ajudar os pequenos agricultores, aqueles que trabalham no campo e têm o seu rendimento através das feiras e mercados.

Deixo-vos hoje com uma receita.


Molho de tomate caseiro:

Num tacho ponho uma grande cebola, dois dentes de alho se forem muito grandes ponho apenas um, tomate caseiro daquele suculento, um pouco de pimento vermelho, umas generosas folhas de manjericão fresco, oregãos, pimenta moída, sal grosso e um fio de azeite extra virgem. Deixo ao lume em lume brando até ficar cozinhado. Depois é só dividir e congelar.



4 comentários

  1. Gosto tanto de frascos e de prataleiras cheias de frascos! Também gostava de comprar a granel e armazenar em frascos mas ainda nao consegui ganhar esse hábito.
    Tenho uma prateleira com frascos desse tipo onde guardo o arroz, massas e farinha de milho. Sao os unicos que estão expostos, mas ainda não desisti de um dia ter mais em mais prateleteiras...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É só começar. Ir guardando os frascos e enchê-los com a mercearia. Expô-los numa bancada ou numa prateleira do armário ; )

      Eliminar
  2. Estou em mudança, da cidade para o campo, finalmente!
    Um dos meus objectivos é passar a comprar mais a granel

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que bom Sofia! Viver no campo é uma qualidade de vida incrível. Boa sorte para si! <3

      Eliminar