No Paraíso dos Cardos

Não me canso destes passeios pelo campo, das flores, dos arbustos e de toda a liberdade que isto me transmite. Há tantas coisas para ver, sentir e ouvir! Ontem passeamos perto dos pântanos, muitos deles ainda cheios de água acumulada pelas chuvas. Ouvimos de perto o coaxar dos sapos e rãs e dos pássaros que ali voavam. As flores desabrocharam e há um perfume a Primavera no ar. De um lado o campo pintado de roxo e lilás de outro de branco, de um lado os cardos, de outro as ervas de São Gerardo. A cesta chegou cheia de flores frescas para adornar a jarra de vidro, flores simples que se apanham no campo, as mais simples e bonitas. E é este tipo de aventuras que fazem parte da nossa jornada aos fins-de-semana e das quais sentia muita saudade. Morar em Azeitão dá-me tudo isto, e eu sinto-me cheia de sorte de aqui viver, na terra dos meus avós e da minha mãe. Espero que também o meu filho cresça feliz e que estes momentos que lhe proporcionamos, do contacto com a natureza e o ar livre lhe tragam um dia boas memórias, assim como as que guardo da minha infância.


13 comentários

  1. Lindo! Lindo, Márcia. Vai trazer, vai ver. Crescer no campo, é muito, muito bom. E essas memórias ficam connosco sempre :)

    As fotografias estão maravilhosas, cheias de luz, cheias de beleza.

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  2. Lindo, muito lindo. As fotos e as palavras. É muito bom perceber essa felicidade e gratidão interiores por voltarem à vossa Terra Prometida. Tenho a certeza de que o pequenito vai guardar as melhores recordações deste tempo que está a viver! Porque, quem vive a natureza como uma forma de vida, levará para sempre e para todo o lado a marca desse selo tão forte. Desejo o mesmo para o meu filho e desejo também que se levante uma geração nova cheia do poder da terra para que esta sociedade possa ser pelo menos um pouquinho melhor. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. É isso Margarida, que eles tenham respeito e amor pela natureza!
    Obrigada pelas palavras.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Olá Márcia, o contato com a natureza é uma bênção, e muitas pessoas esquecem-se disso. Esquecem-se de gozar estes pequenos prazeres, por vezes ali tão perto. Fazes muito bem em proporcionar esta vivência ao teu filho e podes ter a certeza que isto dará frutos para o futuro. Bj!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu espero que sim Val! Muito obrigada!
      bjs.

      Eliminar
  5. Eu também espero que sim! Obrigada :)
    Bjs.

    ResponderEliminar
  6. Lindos esses cardos. E essa luz! :)
    Um beijinho*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A luz estava perfeita Ana e o sitio ajuda :)

      Eliminar
  7. As suas fotografias são uma coisa incrível!
    Vivo mesmo na zona ao lado e talvez um dia perca a vergonha e vá conhecer algumas destas fotografias ao vivo e a cores [digo isto porque creio que li algures aqui que faz passeios, certo?].
    Quem me dera viver mesmo embrenhada no campo e não numa "caixa de betão cheia de compartimentos".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um dia destes crio um evento para que nos possamos conhecer todas. Mas vive perto? Aproveite, esta zona é maravilhosa e faz-nos bem explorar e senti-la. bjs.

      Eliminar
  8. Vivo na Quinta do Conde. :)

    ResponderEliminar
  9. Azeitão e mesmo especial, com a serra por perto, que maravilha, adoro essa zona, beijinhos

    ResponderEliminar

Instagram