Equilibrio


No Domingo, fomos a um dos meus lugares preferidos na serra. São tantos os lugares que gosto, que acabo por os batizar, atribuído-lhes um nome. Há lugares aqui incrivelmente belos e por esta razão nunca me canso de dar um passeio em busca de inspiração e energia. Aqui, com o tempo ganhei a certeza que esta aproximação é um dos pontos chave para meu equilíbrio. Aqui a minha alma encontra o consolo, o colo e a tranquilidade. Sempre fui muito ansiosa, tenho um cérebro que está sempre a pensar, está sempre mais além do que eu gostaria, e muitas vezes quando falam comigo a meio de uma conversa eu já estou a pensar sem querer noutra coisa qualquer. Tudo isto agravou quando me afastei do campo durante três anos. Fiquei muito deprimida e emagreci 12 kg. Dentro de mim, havia um turbilhão de pensamentos sempre a ecoar que ali não era o meu lugar, sentia-me inquieta, insatisfeita e o meu corpo estava fraco. Eu precisava de estar conectada com a natureza e a natureza estava longe de mim. Na vida temos que aprender a ouvir-nos, a escutar o nosso ser interior, a procurar encontrar soluções que nos permitam aliviar as nossas inquietações, medos, receios, etc... e  lutar contra isso, tomar decisões ainda que possam ser apenas aprendizagens e não certezas e se tivermos que mudar algo nas nossas vida que seja para nosso bem, que o façamos! 

No Domingo, registei estas flores que hoje partilho convosco. 


1 comentário

Instagram