No alto da serra





Chegamos de Lisboa e fomos matar saudades disto! De um lado da serra, uma paisagem escura e carregada de nuvens e chuva, do outro lado o céu azul e o sol a brilhar. Subimos a serra, num passeio de Domingo, num passeio que poderíamos repetir vezes sem conta todos os dias da semana. Subimos até ao alto, o ar é limpo, o som é apenas a música suave do vento, a vista em contraste entre o azul do mar e o verde da serra, e ficamos ali de pé e de mãos nos bolsos aconchegados um ao outro a resistir ao frio, enquanto os meus olhos contemplavam, a minha mente pensava: perante este mundo, perante as árvores, as montanhas, serras, rio e mar, perante a natureza, perante a nossa privilegiada existência, o que nos faltará para levar o Homem a praticar actos tão maldoso? 

Subitamente, um arco-íris encheu o céu cheio de cor!

2 comentários

  1. Que lindas fotos, lindas palavras e que maravilhosas paisagens!!
    Infelizmente nem todos conseguem contemplar belezas como estas, infelizmente há pessoas que vêm apenas o prazer na maldade... E isso é realmente triste!

    Beijinho e boa semana Márcia.

    ResponderEliminar