Social Icons

O menos bom

30 de novembro de 2012

Para quem ainda não sabe, eu explico, o by Deva neste momento é o meu trabalho, o meu emprego, o meu ganha pão, não apenas o blog bonito com textos fúteis e fotografias giras.  Para mim é mais que isso. É algo que levo muito a sério. É algo que acreditei sempre, e que vou continuar a acreditar. Optei por deixar o meu emprego devido ao número de encomendas [reais] que ia recebendo por e-mail e que não conseguia conciliar com a casa o emprego e os crafts.  Hoje aqui estou, a provar perante a minha família que com esforço tudo se consegue e se alcança (obrigada a S. por tantas vezes frisar este pensamento). Portanto isto para mim é uma ferramenta de trabalho, algo de que gosto e que prezo muito e não uma pequena distração de quem não tem mais nada que fazer. Estou aqui aparte de grupos e amizades, pois não me encaixo nesse tipo de coisas, traço o meu próprio caminho e respeito o dos outros mantendo-me longe de discussões e afins e por conseguinte agradeço que respeitem o meu lugar. Mas se há coisas que me tiram do sério é a confirmação da perceção nítida da maldade disfarçada, da astúcia, do conjunto de coincidências mórbidas de alguém que me visita aqui e que sempre me acompanhou. Mas no meio desta lenga lenga toda só queria dizer algo, respeita o meu trabalho! E mais, o anonimato ficou-te mal, porque nem sempre esconde quem está por detrás dele. 

[E esta é a minha resposta ao teu mail, M.]

Clutch

 

Está disponível uma nova clutch. Em tecido japonês 100% algodão. Esta clutch não vai estar na loja, mas estara para venda. Para informações contactar: mail.bydeva@gmail.com
E por agora chega... um bom fim-de-semana a quem vai passando por aqui.

Almofadas Térmicas



Vendida
  Vendida
 
Vendida

Vendida
Estão disponíveis oito almofadas térmicas na Loja.
Para informações ou esclarecimentos por favor escrever email para: mail.bydeva@gmail.com

Rustic food

29 de novembro de 2012




Esta papa de aveia garanto-vos que é divinal! Em pequena nunca gostei de papas de especie alguma, nem de cerelac nem nestuns, nada. Mas se existem papas que conquistaram o meu paladar, são as de aveia e quinoa integrais. Esta é deliciosa era para ter preparado ontem para o pequeno-almoço de hoje, mas não consegui e como está frio vai saber-me soberbamente bem agora para o meu almoço. Para acompanhar tenho nozes, que adoro!

A receita é daqui.

Featured in


A Inês é uma querida convidou-me para fazer parte dos seus convidados no seu blog "as maravilhas da maternidade" e hoje escreveu um post dedicado ao by Deva, com palavras ternas e doces que encheram esta minha manhã de alegria! Bem haja Inês e muito obrigada por esta feliz ocasião. 

Podem ler aqui.

Whish list

28 de novembro de 2012



Esta é a minha lista de desejos materiais, de presentes que gostaria muito de receber neste Natal. Mas a crise será que permite falar em presentes de Natal? Bom permitir até que permite, mas compra-los já é outro assunto... tenho vindo a colecionar fotos de coisas que vou vendo (aqui), umas vezes altero, apago ou adiciono mais, conforme... Hoje, decidi mostrar-vos um pouco, daqueles que são os meus objectos de puro delírio. Nada mais que livros e um dos mais caros uma lente macro para a minha Nikon. E vocês que tipo de presente gostariam muito de receber este Natal? Vou querer saber...

1 - Um prato digno para as minhas tartes de maçã - Aqui
2 - Um livro de receitas de comida ayurvédica - Aqui
3 - Aquela que será a minha lente preferida - Aqui
4 - O aeroccino da Nespresso para fazer bebidas com espuma - Aqui
5 - Este conjunto em prata - Aqui
6 - A maquina que corta os legumes em esparguete - Aqui
7 - Este livro que penso que já existe na editora civilização à venda cá em pt - Aqui
8 - Cd - Aqui 

Almofainhas de Cereais Térmicas

27 de novembro de 2012


Estão disponíveis quatro botijas termicas ou almofadas terapêuticas, como queiram chamar. Estas botijas têm no seu interior algumas plantas fitoterapêuticas bem como sementes.

São um excelente presente para oferecer a uma amiga, aos nossos avós, a um bebé, um desportista, etc... São úteis sempre que padecemos de um mal estar físico. São usados normalmente para aliviar dores e transtornos, podendo ser utilizados de igual forma como arrefecimento ou aquecimento.

A composição:
É 100% natural.
Composta por alguns cereais e ervas aromáticas/ Terapêuticas.
Algumas delas colhidas por mim.
Dimensões:  25x 16 cm Aproximadamente.

Todas as botijas têm fronha que pode ser lavada na máquina a 40º.
São vendidas com intruções de uso.
Vendida

Pequenos almoços

26 de novembro de 2012












Ontem à noite preparei esta receita cheia de antioxidantes naturais, um genero de crumble que distribui por forminhas de copos de aluminio. São frutos vermelhos que levei ao lume com vagens de baunilha e açúcar. Por cima uma mistura de cereais. São optimos para acompanhar com uma bebida quente, embora eu os prefira com yogurte natural. Como sobremesa podem adicionar uma bola de gelado de baunilha, fica igualmente bom.

Receita:
1 embalagem de frutos vermelhos (congelados)
4 colheres de sopa de açúcar escuro
1 vagem de baunilha ou uma colher de sopa de essência da mesma
2 colheres de sopa de amido de milho
1 caneca de flocos de aveia biológica
1  caneca de flocos de quinoa
1 caneca de farinha
Manteiga ao cubos (desfazer com a ajuda das mãos na massa)

Aquecer num tacho os frutos vermelhos com o açúcar e a vagem de baunilha. Deixar ferver alguns minutos e retirar do lume. Passar no robot de cozinha. Distribuir num tabuleiro ou tigelas individuais, por cima juntar os cereais secos. Vai ao forno 35 minutos aproximadamente.

Coelhos

23 de novembro de 2012


Quando me lembro da Julieta e do seu cão de loiça, o Afonso, lembro-me da minha fixação por coelhos! O que eu corri Amsterdam à procura de um coelho de loiça que tinha enamorado algures no flickr, numa fotografia de alguém que comprara este dito animal naquela cidade! Vim de lá degostosa sem o meu coelho de loiça, no entanto não desisti e comprei um verdadeiro! 

Há pouco tempo apaixonei-me assolapadamente por outro coelho, e sem exitar encomendei-o! Este minha encomenda foi entregue indevidamente pelo senhor dos correios a outra pessoa e foi viver para outra casa! No entanto em todo o comércio e serviços existe algo precioso, chamado de «livro vermelho», que serve para apresentar reclamações aquando nigligência e que resolve situações embaraçosas num instantinho. Rapidamente o meu coelho (luz de presença) voltou para a minha mesa de cabeçeira do meu quarto. Este coelho [que tanto adoro] pode ser encomendado ao "Atelier da Tufi", foi onde comprei o meu.


Almofadas

21 de novembro de 2012

Tenho duas almofadas disponíveis para venda. Uma em crochet de malhã anti-alérgica e outra com adorno de pompons. Ambas são vendidas já com enchimento.

Sol d`Inverno

18 de novembro de 2012

Viram o dia lindo de sol que fez hoje? Depois de uma semana em casa com uma amigdalite e quase sem voz, hoje almoçamos cedo e fomos fazer uma caminhada pelo campo. Vesti uma camisola do marido (adoro vestir aquelas camisolas mais velhas que lhe deixam de servir) e lá fomos todos sem casacos - estava mesmo calor. Trouxemos o jipe cheio de lenha, comemos medronhos e tiramos muitas fotografias. Estes são sem dúvida os meus dias preferidos e os mais felizes! Aqui fica um registo de fotos.









Muito obrigada a todas as pessoas que comentaram o post anterior. Foi muito bom ler as vossas palavras de alento. Obrigada mesmo!

Aos meus leitores

15 de novembro de 2012

Tenho estado um pouco ausente do computador e de todo o trabalho que tinha planeado fazer nesta altura tão importante que antecede o Natal. Esperava apresentar-vos novidades na loja e no blog, mas na verdade o que se passa é que não tenho tido cabeça e coragem para avançar. Ando num ritmo muito lento em que faço algo e logo de seguida me sento para pensar e ali fico num estado de quase inércia.Todos os dias me esqueço de algo, dos ténis para o meu filho levar para a ginástica, ou da mochila (como hoje) ou do que o marido há dias me pediu para comprar e que me passou completamente ao lado... Não é habito meu isto acontecer, pois quem me segue e me conhece através desta página sabe e apercebe-se do quanto eu gosto de aqui vir marcar presença e partilhar algo convosco. O meu último post veio mesmo a calhar, uma entrevista que me deu algum alento fazer. [Agradeço a Andrea a sua simpatia e a oportunidade de falar um pouco do by Deva]. Daqui em diante não vos prometo posts quase diários, porque sei que não o irei fazer, como também não sei como irão ser os meus dias...  A minha mãe, adoeceu e a sua doença apanhou-nos a todos de surpresa. Há que de agora em diante estar a seu lado. Virei aqui sempre que me seja possível e logo que os dias sejam mais calmos e mais felizes, cá estarei para vos escrever como sempre o fiz até aqui. A todos vós que me acompanham a minha gratidão.
Deva*

Entrevista no "a spots"

13 de novembro de 2012

No seguimento de um post  escrito sobre o by Deva a convite da andrea do blog "a sopts", estou hoje a responder às questões lançadas pela sua autora. Foi um prazer imenso saber de alguém que se interessou por este meu mundo aqui na blogosfera e fiquei mesmo muito contente por isso. Esta sou eu, e estas são as minhas respostas. Espero que gostem de nos ler.

* onde vive? de onde é? como foi aí parar? | where do you live? where are you from? how did you get there?
nasci em lisboa, vivi sempre na costa da caparica, mas há três anos mudei-me para a terra dos meus avós maternos, azeitão. gostava de poder mudar várias vezes de casa e de lugar. deve ser claustrofóbico passar uma vida num só lugar. | i was born in lisbon, always lived in costa da caparica, but i moved three years ago to azeitão, where my grandparents from my mother's side are from. i'd love to change homes and place lots of times throughout my life. it must be claustrophobic to stay put.

* onde fica o seu atelier? como vai para lá? | where is your studio? how do you go to work?
o meu atelier fica em minha casa. sempre idealizei ter um espaço meu para trabalhar num sótão, hoje tenho isso e adoro! | my studio is in my house. i always wanted a space of my own, in an attic, now i do and i love it!

* o que vê da janela do seu atelier? | what do you see from your studio window?
ao contrário do antigo apartamento, de onde o meu atelier tinha toda a vista de mar e praia, aqui vejo apenas o céu e o telhado do vizinho mais próximo. | in my other house i had a beautiful view of the beach an ocean, now i only see the sky and my next door neighbor's roof.

* toma café de manhã? | do you take coffee in the morning?
o meu pequeno-almoço, refeição que tanto adoro, é composto por uma meia de leite de soja + descafeinado e torradas de pão de cereais, ou papas de aveia e mel. | my breakfast, my favorite meal, is a latte, with soya milk decaf, a cereal bread toast, or oatmeal with honey.

* tem algum ritual antes de começar a trabalhar? | do you have any rituals before you start working?
sim, descalçar o calçado que trago da rua, calçar algo mais confortável, como uns chinelos, agora meias grossas ou pantufas e ligar o pc com a minha playlist do momento | yes, take off my shoes, put on something more confortable like flip-flops, now it's colder so more like thick socks with house slippers, turn on my pc and put on my playlist.

* o que gosta mais no seu trabalho? | what do you love most about your work?
tudo! o meu trabalho não se resume apenas a uma máquina de costura, dou muito de mim e ao meu blog, preocupo-me em mantê-lo actualizado, vivo, é a partir dele que tudo acontece. a prova são as minhas peças: idealizo-as, crio-as e embrulho-as com todo o cuidado. todo este processo e criação artística deixa-me muito atenta e satisfeita. | everything! my work is not just a sewing machine. there is a lot of me in it, and on my blog, which i am always trying to keep updated, alive and it's from there that everything begins really. my pieces are proof of that: i imagine them, i create them and wrap them with a lot of care. this whole process makes me very aware, overwhelmed and satisfied.

* como aprendeu a fazer o que faz? | how did you learn to do what you do?
sozinha... com a ajuda do meu marido. | by myself ... with my husband's help.

* o que é a ByDeva? | what is ByDeva?
a ByDeva sou eu, atenta ao lado belo e simples da natureza, do campo, do silêncio, da quietude, da simplicidade de ser. a procura e aprender a cada dia, a gratidão de ter aquilo que a vida oferece e não aquilo que exigimos um dia ter. o meu trabalho apoia-se nestes princípios, neste meu modo de vida. | ByDeva is me, aware of the beautiful, simple way of nature, of the countryside, of silence, of the simplicity of being. the search and the learning of everyday and gratitude for what i have and of what life offers me and not about what i ask it to be. my work lies on these principles, on this way of life. 

Bastidores

8 de novembro de 2012




Bastidores disponíveis 

A chuva de hoje

7 de novembro de 2012






Neste dia particularmente cinzento e chuvoso, tenho focaccia no forno e um creme quente de couve flor com noz, que me aconchegou o meu almoço e me aqueceu as mãos. Mas este meu pensamento, este meu pensamento que está em todo o lado menos em casa e no forno, e digo-vos isto com toda a verdade, porque se não fosse ter a minha adorada criança a chegar, eu ia à serra de anorak vestido e galochas calçadas, tirar umas belas de umas fotos! Chegava a casa bebia um chá quente de equinácea e ficava como nova! Bom, e com isto que o meu marido não se lembre de ler esta última parte... apetecia-me tanto!!!

Shop Update

6 de novembro de 2012

Há três novas grinaldas disponíveis para venda. Duas em tamanho grande e uma em tamanho médio. Podem consultar a loja ou a página by Deva no facebook.