Social Icons

♥ Botões

21 de fevereiro de 2011


Tomei coragem e no fim de semana limpei e separei por cores todos os botões que me têm vindo parar às mãos. Reparei, que não só tinha botões de plástico, como botões forrados a tecido/ fazenda e seda e, alguns em madeira o que me deixou ainda mais satisfeita!

Na dispensa tinha alguns frascos vazios de "Bonne Maman" que se tornaram úteis para os guardar e organizar. Estes conhecidos frascos de tampa de xadrez vermelho e branco dão sempre um toque especial ao que lá pomos dentro, ou mesmo vazios de conteúdo, conseguem ser extremamente elegantes. Para quem não sabe existe no "Flickr" um grupo dedicado ao "Bonne Maman", podem espreita-lo aqui.


Penso que nas próximas criações irei dar um certo uso a estes pequenos e coloridos objectos.

Sem darmos conta fazem parte do nosso vestuário diário, dos nossos acessórios, e nem reparamos que "todos os dias viaja connosco um simples botão".

Sunday

20 de fevereiro de 2011


Reflexos de um Domingo.

O Mar

18 de fevereiro de 2011


Antes de ontem fui visitar os meus pais e dar um beijo muito apertado ao meu pai. Estava um dia escuro e feio, mas mesmo debaixo de temporal não pude deixar de ir ver o mar e sentir aquele cheiro forte a maresia. É acolhedor chegar ali e sentirmos-nos abraçados por aquele local, sob a vista que nos viu crescer, nos viu ser menina, criança e mulher.

Um bom fim-de-semana!

Fabrics

17 de fevereiro de 2011

Não posso deixar de mostrar aqui a lindíssima colecção de tecidos da Laura Ashley. Tenho dois dos seus livros, ambos dos anos 80 aquando descobri o seu trabalho. Ainda hoje os desfolho com o mesmo prazer e sei que nunca estarão fora de moda. Eis, alguns dos meus tecidos favoritos.


Yasamin

15 de fevereiro de 2011

( Tunísia 2007)

Lembro-me que quando visitei há uns anos a Tunísia com a minha mãe e irmão, aquele país cheirava a Jasmim. Dele trouxe na memória a recordação de um país quente e de cheiro exótico. Sou uma pessoa que "tento" não me apegar demasiado às coisas; segundo o budismo, (filosofia a qual respeito e tento incutir em mim alguns valores) o apego traz ilusão dando origem ao sofrimento. É-me difícil contornar esta questão do apego, uma vez que penso várias vezes que os objectos têm sentimentos o que me leva a não deitar fora inúmeras coisas.Para agravar ainda mais um pouco este tema, a minha indomável mente leva-me a recordar algumas memórias, aquelas que de uma forma ou de outra, me deixaram alguma lembrança ou saudade - aqui tento contradizer o budismo e aplico com clamor a máxima de Platão - "Recordar é Viver"- em forma de desculpa disfarçada! Retomando novamente ao Jasmim..., a ano passado plantei na terra um pequeno vaso desta planta, sem imaginar que passado um ano e com toda a humidade que se faz sentir aqui devido à proximidade da serra, ela cresceria até atingir o meu tamanho em altura!


Esta fotografia foi tirada hoje de manhã depois da chuva. Os botões são de um rosa velho invejável, ainda fechados, frágeis mas imensamente perfeitos!

O Indie, o nosso gato herdou algum gene botânico! Persegue-me todo o santo dia e adora explorar a natureza, tal qual a sua dona!

Translate

Ikea

14 de fevereiro de 2011

Numa passagem pelo fabuloso mundo Ikea paramos para comprar bolachas.

Translate

Grito

13 de fevereiro de 2011

Se ao menos o meu grito interior
Pudesse despertar num ínfimo gesto
Um sinal por vezes de existência...
De sentir...
Só bastasse!

Aquando se está só
Sem estar...

Se ao menos o meu grito interior não fosse de pedra
Tivesse ele voz
Tivesse ele resposta...

(arquivo Fevereiro 2006)


Macro

11 de fevereiro de 2011


Esta foi a primeira flor a abrir no nosso jardim. É uma Anemone Coronaria ou Poppy Anemone.
Aproveitei ela estar aberta e estreei a nova lente. Sempre gostei de fotografar o objecto muito próximo daí a escolha de uma lente macro. É certo que terei ainda muito que aprender e tentar tremer menos para não desfocar tanto! Saber usar o tripé e queixar-me menos de o ter que carregar... mas cada passo a seu tempo ; )

Um Bom fim-de-semana para todos(as)

Translate

Detalhes

9 de fevereiro de 2011

Tal como a vida, umas vezes a transbordar de alegria e outras de melancolia; a natureza também assume as suas cores e nelas o seu estado de espírito.

Translate

Aguarelas

7 de fevereiro de 2011

A minha mãe ofereceu-me uma série de aguarelas portuguesas século XVIII todas elas com motivos de campo. Não vejo a hora de as ver emolduradas e penduradas na nossa sala. Obrigada mãe!

De visita ao Zoo ,

5 de fevereiro de 2011

os animais estavam todos como de costume nos mesmos lugares, que nos habituamos a ver, contudo o espinafre ...

decidiu prestar especial atenção à arte! Admirou sobretudo a parte gráfica dos posters e fotografias.

e interrogou-se porque razão a estátua não descia do seu pedestal! Temos artista portanto : |

2 anos

3 de fevereiro de 2011

(Imagem retirada da Internet)

Hoje celebram-se aqui dois anos de blog! Recordo como tudo começou, numa história muito simples e singular... Deva, foi o nome escolhido pelo meu marido para personificar o meu "Eu" que está por detrás deste blog; e o porquê de Deva, perguntam-me?
Na filosofia hindu os Devas são espíritos da floresta, seres interligados à natureza. Não sendo eu um espírito que anda propriamente a deambular por meio de florestas e bosques, sou apenas uma pessoa que gosta de passear e apreciar a natureza daí a associação ao nome Deva.

Em 2004 iniciei o meu primeiro blog que se chamava Jardim d`inverno e lá inscrevi esta descrição:
«Aqui crio virtualmente um lugar que gostaria de ter na realidade, um jardim d`Inverno.
Um lugar intemporal, onde eu pudesse estar sempre que a vontade me permitisse.
Como se tivesse uma chave, não que de uma porta fosse, mas sim de um pequeno mundo imaginário.
Um espaço de mil cores e aromas perfumados, de brisa leve e fresca. Lugar de alegrias, incertezas, segredos, sorrisos, nostalgia...
Lugar onde eu pudesse expandir em todas as direcções todo o meu sentir
Realidades e utopias, é assim o meu Jardim este lugar "sonhador"
Onde eu caminho descalça sobre o coração húmido da terra.»


Em 2007 deixei de escrever e de assinar este blog e privatizei-o. Há muito de mim lá dentro , e aos poucos quero indo re-publicando aqui alguns escritos de que gosto, deste modo também estarei a tentar redescobrir a pessoa que sempre fui e que tem andado um pouco adormecida dentro de mim mesma.. mas essência sempre foi esta..., a Natureza como pano de fundo! O by Deva foi um novo projecto dentro de uma mesma pele; um projecto que deu o seu inicio quando fiquei grávida do meu filho, quando fiquei desempregada e quando recebi todo e qualquer apoio por parte do meu marido para avançar. Não é fácil começar neste meio (craft) onde existem tantas outras pessoas talentosas a criarem peças tão bonitas de artesanato; não é fácil aprender sem qualquer ajuda; não é fácil manter-nos quando o "saldo" é negativo, quando permanecemos à sombra no anonimato; mas em contrapartida é fácil continuar quando se tem vontade e querer, quando se avança porque alguém de alguma forma enalteceu o nosso trabalho, quando acreditamos que um dia há-de vir a ser diferente.

São vocês que estão desse lado, que fazem com que tudo tome o ritmo de dia após dia aqui estar, tão perto e tão longe, de vocês mesmos.

Obrigada!

Presente

2 de fevereiro de 2011

Nos dias de frio é imprescindível usar um cachecol ou uma gola a aquecer a zona do pescoço. Esta é a minha primeira gola e este post e a foto são para agradecer à pessoa que fez este trabalho e mo enviou da Alemanha. Lígia, adorei usa-la! acho que nos próximos tempos não irei abdicar dela sempre que tiver que sair. Muito obrigada, uma vez mais!

Sol d` inverno

1 de fevereiro de 2011

1 de Fevereiro de 2011 - 7: 38 am (- 3ºC)

Amanheceu e o campo estava coberto de geada sob um sol radioso!