Simple food (74)

Depois da notícia dirigida pela OMS sobre as carnes processadas serem prejudiciais para a saúde, lembrei-me de criar este post na rubrica do Simple Food. Há imensas opções saudáveis que nos permitem colocar de parte toda a família de charcutaria e carnes vermelhas. Existem n formas de fazermos sanduíches saborosas. Costumo fazer para levar na época de praia algumas sandes com vegetais embrulhadas em wrap ou crepes de arroz, para não prolongar o tempo de digestão, que eu adoro água e não tenho paciência para estar na areia ao sol, por isso a alimentação é sempre escolhida com a preocupação de ser bem mais leve que a aquela comida que estamos habituados a ver levar para a praia. O que mais me chateia é que o Tomás não gosta de pão com alface, rabanetes, tomate ou beterraba, gosta das sandes quanto possível mais tradicionais, com fiambre, presunto, e por aí fora... o problema é que já não tenho tanta vontade de lhe preparar este tipo de lanches para a escola, uma vez que não são de todo os mais saudáveis. E vocês aboliram as carnes processadas ou não estão nem aí para a notícia da OMS? O que costumam colocar nas marmitas da escola dos vossos filhoEra interessante saber algumas ideias sobre lanches, etc...

Recentemente aprendi a fazer algumas pastas novas vegetarianas e tenho-as usado e abusado nas minhas refeições. Para o almoço costumo preparar alguns pratos que eles não apreciam e degustar calmamente deste tipo de refeições. 





Sandwich:
1 pão thins 8 cereais
alface qb
couve roxa qb
1 rabanete fatiado
1 tomate cherry fatiado
1 colher pequena de creme de queijo com ervas
1 colher pequena de pesto 

4 comentários

  1. Que óptima ideia! Também preciso de ideias novas para variar, cá em casa, se bem que seja só eu, eles torcem o nariz :). Cá em casa, as carnes processadas desda há uns anos que as reduzimos ao minimo possível, talvez por ter trabalhado na industria alimentar e ter ficado a saber de umas quantas verdades! Bom fim de semana! (e se não te importas, por pôr o link para este post no meu post de amanhã!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. claro que não me importarei, até agradeço.
      bjs Ana.

      Eliminar
  2. Essas noticias são sempre preocupantes porque por muito que queiramos ser despreocupados, vão atingir-nos de alguma forma. Em minha casa a carne de porco é em quantidades mínimas e por mim poderiam ser nulas, porque não como porco e gostaria que mais ninguém lá comesse. Estou a tentar, aos poucos, dedicar-me a ser vegetariana, embora saiba que nunca vou conseguir adeptos lá em casa, pelo menos pai e filho, porque a filha até alinha.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Existem comidas vegetarianas muito boas, eu própria já fui vegetariana durante três anos. Com a família é complicado, mas não impossível.

      Eliminar