A vida faz sentido assim

Lá no alto da serra, ainda existe a esperança de um resto de paisagem verde, lá bem no cimo, onde só o vento toca e os pássaros chegam, corre o riso do mar e a voz do céu. Um dia, prometeremos subir juntos ao cume mais alto e de lá, tu e eu, alcançaremos novas conquistas, partilhas, sonhos e promessas a dois. Agora, é sobre o solo seco e árido que os nossos pés caminham juntos. Cá em baixo, mora a realidade que se confunde na terra e no pó, dos dias de verão. O sol brilha e em torno dele há luz e uma águia que voa livre e solta, e nós, apenas nós, sobre o mesmo sol e céu. Há feno dourado a fazer-nos festas na ponta dos dedos, há caminhos gastos por nós, há novos trilhos que se abrem como sopros de vento, e onde quer que andemos e qualquer que seja a estação que se veste, há esta vontade omnipresente, de te ter a Ti, sempre próximo, por onde quer que caminhemos juntos. 

7 comentários

  1. :) (porque não sei o que diga a uma coisa tão bonita e tão bem escrita)

    ResponderEliminar
  2. que texto bonito, tão bem ilustrado por essas imagens douradas :)

    ResponderEliminar
  3. Que palavras lindas, combinam na perfeição com as fotos!
    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  4. Gostei tanto de ler, foi só fechar os olhos e sentir.

    ResponderEliminar
  5. Adorei o teu texto... E nesse aspecto tens razão, não importanta o caminho que fazemos, mas sim a pessoa com quem caminhamos...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  6. :-)
    Bons caminhos, boas decisões!
    Beijinho

    ResponderEliminar