Social Icons

As Flores do nosso Campo

29 de abril de 2014

 

A minha mãe contava-me ao telefone sobre o verde e o manto de flores que cobre agora todos os campos e planícies alentejanas. Imagino toda a descrição da minha mãe e junto as fotografias giras que vi no blog da Sofia e concluo que também lá queria estar para fotografar os mantos de flores! Ao invés disso, nestes dias vi o que eram camas de javalis enquanto subimos a serra e descobri um lugar bonito para fotografar, quando eu própria tiver mais coragem de descer até lá e não me armar em medricas. Afinal é tudo psicológico, o que é para mim um precipício é para o meu marido um pé aqui e outro acolá! Sobre as flores, estas vieram da serra e penso que são as mesmas que pintam o nosso Alentejo, de amarelo, vermelho, branco e roxo.

Things I Love on Tuesday (16)

23 de abril de 2014

Hoje não é propriamente terça feira, mas fazemos de conta que é.
Não gosto de amarelo, no meu roupeiro tenho apenas uma peça de roupa amarela. Lembro-me de ter tido uma única peça de amarelo, não, afinal duas no meu guarda roupa; um vestido que comprara na linda loja que havia na Rua  Garret, a versace. Era amarelo, curto e estreito, de manga cava e tinha uma medusa bordada na zona do peito. Outros tempos, que permitiam comprar roupa cara e que eu cabia ainda em vestidos de lycra! A outra vestimenta amarela, era uma saia de pregas que a minha mãe me vestia para eu levar para a escola, à qual fazia sempre má cara! E, agora dou por mim a gostar de peças e acessórios em amarelo para o meu filho. [O que dirá ele mais tarde.]




 Botas Hunter | Mochila Kanken Kids | Parka, Stella McCartney

1 - ♥ - Estou rendida a esta mochila! [Existem outras cores, inclusive para nós].
2 - ♥ - Digam-me se as hunter amarelas, não são as mais giras?
3 - ♥ - E o casaco, adoro!

Não podemos abusar e vestir a criança com todas as peças, ou a mesma limita-se a que lhe chamem na escola, ovo estrelado!

Boa Páscoa

19 de abril de 2014



Ontem sentamo-nos lá fora os dois, a ideia era criar algo que o entretivesse e ao mesmo tempo lhe desse alguma actividade. Lembrei-me que gosta imenso de pintar com aguarelas e seria giro criarmos algo juntos, para a decoração da nossa mesa nesta Páscoa. Com guaches e pincéis ele pintou à sua maneira os ovos (os dedos, a roupa e mais tarde as pestanas), deixámos-los secar, para depois eu colar alguns recortes. Ficaram amorosos, mas muito aquém de alguma perfeição! Para o ano prometemos ser mais "profissionais".


Desejo a todos uma Boa Páscoa!

Clutches

11 de abril de 2014



Trabalhar nesta altura do ano, com tecidos leves de primavera / verão dá outro ânimo! Depois deste longo inverno, onde a eu e a minha máquina de costura parecemos ter hibernado no tempo. Fiz duas novas clutches em tons suaves de azuis claros, ideais para combinar com os nossos jeans de verão. São muito praticas para usar no dia a dia sem ser preciso carregar a nossa mala. Com o nosso pequeno mundo lá dentro: as chaves, o telemóvel, os cartões, o baton e ainda sobra espaço para um pequeno snack escondido! Estão disponíveis.

A Possibilidade de

4 de abril de 2014

pintar.
Esta semana vi um filme com o meu marido, o filme já é antigo, mas suscitou-me interesse quando a minha mãe me contou que era passado no campo inglês e que contava com a participação de duas grandes senhoras do teatro e do cinema inglês, que tanto gosto e admiro, o "ladies in lavender". O marido desistiu, claro! Não é fácil para um homem ver senhoras de meia idade a fazerem a cama e eu pelo meio a elogiar o mobiliário e os lençóis! A meio deste filme, entra uma personagem que está a pintar uma tela num escaparate de madeira, de frente para uma paisagem rural. E penso, que liberdade criativa pintar assim, num lugar onde o limite está para além de nós. Gostaria de um dia, pegar num bloco [ sempre é mais leve que o escaparate e menos ortodoxo!] e conseguir expressar um bocadinho daquela paisagem que sei de cor - o meu vale. Seria uma bonita possibilidade, a de pintar. lembrei-me que para além do bloco, levaria comigo música (nestas ocasiões clássica, de preferência piano) e comida pois iria ter muita fome.


Simple Food (71)

2 de abril de 2014


A comida é o principal medicamento para o nosso corpo e a mim parece-me que a máxima "tu és aquilo que comes" tem um valor muito credível. Além da comida ser a principal fonte que alimenta e dá energia ao nosso corpo, existem suplementos que ajudam a agir em diversas funções. Eu sou uma pessoa difícil de tomar seja o que for, porque tenho a sorte de ser saudável, mas no dia de amanhã ninguém sabe. Mas suplementos, alguns faço-os quase sempre e outros apenas num determinado tempo, como o caso daqueles que escolho e tomo no final do verão para fortalecer o corpo contra as agressões do frio do inverno. O Psyllium, é aquele que tomo sempre [expecto quando me esqueço], porque preciso muito desta fibra porque sem ela e outras o meu intestino não dá sinais de existência! A Chlorella é daquelas coisas mesmo boas para desintoxicar o nosso organismo, eu adoro e estou neste momento a fazer um frasco. Existe em pó, mas é mais pratico tomar logo de manhã assim em cápsula ou levar na mala para não esquecer. Podem ler aqui. Faço dois frascos no ano. Para o cabelo e as unhas tomo também suplementos, o meu cabelo é demasiado fino e embaraça facilmente. Eu costumo dizer a brincar que é mais ou menos como o conflito israelo-palestino, saiu à rua em tempo húmido e é uma guerra para o meu pente! Os suplementos para o cabelo, podem variar nas marcas, é só ver o rótulo e procurar algo rico em vitaminas e minerais como a vitamina E, e complexo B ou procurar ajuda nesse sentido com os responsáveis da loja. E vocês também tomam alguns suplementos? Quais gostam mais? Preocupam-se com o vosso sistema imunitário? 
A minha loja de eleição é o Celeiro sou mega fã. Lá existe tudo, para além disso o atendimento é cinco estrelas, muito profissionais. 

Nota 1 - [isto não é um patrocínio, apenas falo das marcas, porque uso e gosto].

Nota 2 - [Atenção que esta pequena lista, é apenas aquilo que eu tomo de momento, podem e devem se aconselhar com um profissional de saúde.]

Gostaria de ir mais além e perguntar-vos se gostam deste tipo de posts? Ou quais gostam mais de ler? O simple food, o lifestyle, o things I love, crafts, ou natureza? 
Obrigada!