Sobre o Olhar

Há escassas flores junto às bermas das ruas que circundam o local de onde vivemos, há também meros arbustos a dar o ar de sua graça na mata mais próxima de nossa casa. Há luz e vida a nascer de dia para dia. Acho que tal como a natureza, nós humanos também precisamos desta transição, desta mudança de estações,  para descartar "certas camadas" e renascermos em nós próprios.
 

Volto da rua e hoje pinto. Mais uma tentativa de copiar a natureza para uma folha de papel. Tudo me preenche quando nos dias encontro horas e busco os meus próprios prazeres. Pequenos e por vezes curtos, mas infinitamente felizes!


Na passada semana ganhei um presente, uma chávena nova. Fico contente com louças antigas, de preferência faianças. Na mesa de cabeceira dos meus avós algures sobre um naperon bordado pela minha avó materna vi sempre esta imagem, mais tarde disposta da mesma maneira na mesa de cabeceira da minha mãe, a qual me habituei a ver sempre este objeto, que hoje olho sobre a minha própria mesa, uma nossa senhora numa moldura de plástico. Dois presentes, uma chávena antiga da minha mãe e uma pequena relíquia religiosa. Presentes simples, mas que gosto.

Não deixa de ser curioso, olharmos para as nossas coisas, aquelas que temos em casa e pensarmos que cada uma tem uma história. Poderia mencionar que cada pequeno objeto que está sobre a minha mesa tem uma pequena história, como o que disse a minha avó quando me deu o par de candeeiros verde água, ou as orações que estão sobre os quadros. Mas que interesse poderia isso ter? Para nós, os significados são isto, pequenas histórias nossas.

[Nota: os meus posts tem sido esporádicos, não consigo fazer melhor... - não deixarei de vos escrever.]
Uma boa semana para todas nós!

10 comentários

  1. Uma boa semana para ti Márcia. Gosto tanto das primeiras fotografias, as flores são tão delicadas e interessantes.
    beijinhos, margarida

    ResponderEliminar
  2. Lindas fotos Márcia. Gostei. Estás cada vez melhor. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  3. Que bom vir ler-te neste post tão bonito!
    Escreve sempre que te apeteça, é só assim que faz sentido.
    Um beijinho!

    ResponderEliminar
  4. O outono é mesmo uma época boa para que possamos nos preparar para o novo.
    E sempre aprender a nos reinventar ,sempre cuidando de nós mesmos com carinho.
    Pequenos prazeres sempre devem caber em nossa rotina bjs.

    ResponderEliminar
  5. Adorei as fotos! Os objectos que guardamos, normalmente têm sempre uma história por detrás, por mais simples que sejam, e a maior parte das vezes a beleza está na simplicidade das coisas. Boa semana Márcia. :)

    ResponderEliminar
  6. Olá,
    Que lindas fotos, tão perfeitas, a natureza é tão perfeita, encantadora.
    Beijinhos
    Paula

    ResponderEliminar
  7. Adorei as fotos e os pormenores dos pressentes, os posts são mais esporádicos mas nem por isso menos interessantes, também ando assim... sempre que vejo um post novo, venho logo ver qual a novidade :)

    ResponderEliminar
  8. Sinto-te com mais garra mais musicalidade, folgo em ter-te de volta! Será a primavera ;) dias felizes

    ResponderEliminar
  9. Hoje também coloquei numa jarra frésias e outra que nao me recordo o nome... não tenho por hábito apanhar as flores que tenho no jardim, mas hoje deu-me vontade :-)

    ResponderEliminar
  10. Estou a gostar de ler este teu lado... :D Vlta quando puderes, que cá estarei!! (e parabéns pelos objectos. Acho que quanto mais nos rodeamos daquilo que nos diz qualquer coisa, mais felizes somos).

    ResponderEliminar

Instagram