Simple Food


Quando conheci o meu marido deixei de ser vegetariana. Isto assim dito à força soa mal, mas é pura verdade. Não que o J. me tenha dito: - toma lá come este hamburguer, bife, e bebe este vinho ou coca cola e vais ver que é bom. não foi bem assim, mas não andou longe... Aos poucos comecei a gostar de tudo o que o via pedir. O Amor tem destas coisas, a cumplicidade!!! Quando conheci o meu marido também engordei [óbvio!]. Por isso, ele é o responsável por tudo isto. Mas passados alguns anos ele passou também a gostar da minha comida e a pedir-me que lhe fizesse quinoa ou tofu, por isso à mesa reencontramos-nos! Costumo aproveitar o almoço refeição que faço sempre sozinha, para fazer alguns pratos macro ou vegans e quando sobra comida ele já costuma provar e gostar. A quinoa preparo-a sempre de véspera e gosto dela com bastante molho de tomate, para ficar assim com esta cor avermelhada. Para acompanhar assei batata doce às rodelas com couve flor, previamente temperadas com sal, pimenta, alho em pó, cominhos, azeite e raspa de limão. O sumo tem laranja, papaia, uma cenoura, uma mão de goji e agar agar (para a queda de cabelo, tenho usado esta alga ou uma folha de gelatina nos sumos e batidos). É bom reparar que existe cada vez mais gente a optar por estes sumos de fruta e verdes, e que cada vez mais nascem novos posts nas redes sociais, assim existirão mais ideias a quem podemos recorrer para aprender. Tenho algumas amigas vegetarianas que o fazem desde sempre e que os filhos bebem sempre antes de ir para o colégio; já cá em casa não consigo sequer que o Tomás beba um sumo destes, apenas só laranja e coado!

Há um passatempo a decorrer na página by deva do facebook. Podem ver como se participa aqui.

10 comentários

  1. Eu não sou nem nunca fui vegetariana. Acho que mais por causa do peixe do que da carne, que já como pouca e pouca variedade de qualuer maneira. Sempre gostei muito de fazer esses sumos (batidos como chamamos cá em casa) e quando o Enzo começou a comer o mesmo que nós fazia em dose dupla, para ele e para mim. Talvez por isso ele se tenha habituado, mas delira quando me vê a fazer batidos e bebe-os deliciado. Na semana passada fiz pela primeira vez uns desses batidos verdes que estão tanto na moda. Para meu espanto (estava um pouco de pé atrás) ficaram deliciosos e o Enzo também gostou. Viva!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que sorte Margarida! Quanto a moda, pelo menos uma coisa tem de bom, é saudável :)

      Eliminar
  2. Esta mistura deve ser deliciosa... Costumo fazer sumo de laranja e cenoura, mas nunca juntei papaia, vou experimentar, as sementes já costumo usar em tudo ;)
    Já tinha saudades de um post seu ;)

    ResponderEliminar
  3. Olá Márcia, apesar de não ser vegetariana faço várias refeições vegetarianas todas as semanas e a minha maior maior dificuldade é descobrir novos usos a dar aos legumes, pelo que leio com "emoção" estas dicas e sugestões como a que dás da batata doce e da couve flor assadas. :) Beijinho grande

    ResponderEliminar
  4. Não sou vegetariana, mas adoro frutas e vegetais, por isso todas estas sugestões são sempre bem vindas. Ainda hoje fiz batidos para mim e para o meu filho, que os adora, incluindo os verdes. As fotos estão o máximo como sempre. :)

    ResponderEliminar
  5. Também deixei de ser vegetariana quando casei...mas o meu marido come muita comida vegetariana. Um dia é ele que passa para o meu lado. Cada vez como menos carne. Praticamente, é o frango e o peru e algum peixe.

    ResponderEliminar
  6. Nunca experimentei o tomate na quinoa, mas vou ter de o fazer, Este prato está com um aspecto delicioso.

    ResponderEliminar
  7. que giro :) eu não sou vegetariana mas sinto-me muito bem a fazer uma refeição vegetariana 2 a 3 vezes por semana, também aproveito quando almoço sozinha :) adorei a dica do molho de tomate na quinoa :) beijinho*

    ResponderEliminar

Instagram