Simple Food (70)

Não sei se já ouviram falar da biomassa de banana verde? Para quem não conhece, eu sugiro que pesquise um pouco no google sobre este tema, isto se se interessar por nutrição e saúde. Esta é uma daquelas coisas que realmente confesso que nunca tinha ouvido falar, já as sementes e os pós de perlimpimpim esses sempre existiram nas prateleiras das ervanárias [há uns anos largos conheci por formação toda esta família das macas, do açaí e das sementes em voga, pois trabalhava na área dos produtos naturais]. Voltando à biomassa, não é nada mais que banana verde cozida e triturada. A biomassa pode ser usada em tudo que preparamos: sumos, bolos, panquecas, pão, yogurte, etc... é algo que faz muito bem ao organismo, à digestão, aos intestinos, ao coração e à dieta, não irei explicar, porque ficaria um post muito longo mas podem pesquisar ou ver o vídeo no final do post. Ontem, fiz biomassa e fotografei para vos mostrar. Tenho a sorte de ter bananeiras no jardim, então recolhi um cacho [que trazia de presente uma enorme aranha!]. Como se faz a biomassa? Cozemos as bananas verdes com a casca na panela de pressão uns 7 minutos, depois disso retiramos a casca e num processador batemos as bananas cozidas, guardamos no frigorífico ou no congelador e usamos enquanto cozinhamos.

Esta taça que ontem foi o meu almoço leva biomassa de banana verde. Fiz assim: 

1 manga, 1 colher de sopa de grego, 200ml de leite vegetal (se tiverem de coco, melhor), 1 colher de sopa de linhaça, 1 colher de sopa de chia, 1 colher de café de psyllium, 1 folha de gelatina (demolhada), uma pitada de canela. Bater tudo. Numa taça, envolver o interior com xarope de açer e verter todo o preparado. Por cima, coloquei coco triturado queimado. Uma delícia!

O vídeo abaixo mostra-vos todo o processo da biomassa, para além disso a nutricionista é fantástica [ pena não se comercializarem cá os seus livros]. 

 

23 comentários

  1. Por acaso nunca ouvi falar, mas essa taça tem bom aspecto.
    Bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  2. Que bonito está o teu header!!
    Por acaso ainda não tinha ouvido falar da biomassa de banana verde, mas já tenho o que investigar!! Deixaste-me curiosa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, também gosto muito do novo header

      Eliminar
  3. Olá gostei muito do novo visual do blog ficou lindo !
    Aqui assisto esse programa ai do vídeo é o você bonita,muito bacana.
    Quanto a biomassa aqui também já tinha visto mas ainda não experimentei.
    Mas não vai faltar oportunidade ,beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nós cá não temos o canal que transmite esse programa, por isso tento assistir pela internet.

      Eliminar
  4. A palavra em si é-me familiar, mas talvez num outro contexto, tenho que ver o vídeo.
    Aqui as bananeiras não se dão bem, só comprando um cacho bem verde :-)
    Beijinho

    ResponderEliminar
  5. Em relação ao psyllium, vende-se no Celeiros por exemplo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, Raquel no celeiro é onde costumo comprar. Atenção que só coloco esta fibra, para me saciar e ajudar no transito intestinal ;)

      Eliminar
  6. estou absolutamente maravilha. desconhecia por completo a biomassa de banana...
    sempre a aprender!

    ResponderEliminar
  7. Desconhecia esta biomassa! Mas fica com sabor a banana certo?

    ResponderEliminar
  8. Vou investigar, obrigada! Beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Desconhecia por completo a biomassa de banana verde. É bom aprendermos coisas novas. Essa taça tem um aspecto maravilhoso! E o new look do blog está muito giro. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Lígia :) só me faltava alinhar o texto, mas isso já não sei fazer.

      Eliminar
  10. Fiquei com muita vontade de experimentar, será que dá para cozer numa panela normal? E quanto tempo????
    Perguntas de cozinheira "naba" :)))
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso eu não sei, eles não referem... Mas nada como tentar ;)

      Eliminar
  11. Nunca tinha ouvido falar, mas vou pesquisar para saber mais. Parece-me muito interessante. Obrigado pela partilha!

    Olga

    ResponderEliminar
  12. Márcia,
    Aparentemente, quando se cozinha a banana verde, o amido resistente transforma-se em amido comum e os benefícios são nulos. Veja este site do médico brasileiro Carlos Souto onde se sugerem, para além da banana verde crua, outras fontes de amido resistente - http://lowcarb-paleo.blogspot.pt/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente.html e http://lowcarb-paleo.blogspot.pt/2014/03/flora-intestinal-3-amido-resistente_2.html (existem outras entradas no blog dele sobre amido resistente, mas estas pareceram-me as mais completas sobre o assunto).
    Obrigada pela informação sobre o psyllium. Tenho tentado encontrar sem sucesso. Agora já sei onde devo procurar :)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Ni, super interessante! Já fico com leitura extra :)

      Eliminar
  13. Fiquei agora a conhecer, nunca tinha ouvido falar, obrigada pela partilha!

    ResponderEliminar

Instagram