Sobre a Semana, os dias e a Felicidade dos dias simples e cheios

Todos os fins de semana são sinal de pura felicidade! Ansiedade e foguetes! As semanas repetem-se a um ritmo frenético e de igualdade repetitiva, onde acabamos por fazer quase sempre o mesmo de segunda a sexta feira, excepto lá está - os fins de semana - e é por esta razão que o Sábado e o Domingo são sempre dias especiais, não é que os outros não sejam, mas estes são mais [claro que este raciocínio repete-se a muitas famílias - acredito eu!]. Por todas e mais algumas razões são dias que têm uma carga emotiva mais positiva. Para começar o marido está em casa todo o dia e só isso já é razão maior que me baste. Depois seguem-se uma série de rituais como o descanso, o repouso, ou mesmo o inverso como os passeios sem hora e quase sempre demorados que quer queiramos ou não só os conseguimos fazer ao sétimo dia!
Levamos este nosso verão a visitar praias, a fazer passeatas por novos lugares em Lisboa, agora com a chegada do Outono e o tempo mais fresco é altura de voltar aos nossos habituais passeios pelo campo. Ver o que há de novo, observar novas cores e esperar pelos resultados do novo ciclo que se inicia.  No Domingo, fomos à serra e ainda conseguimos trazer algumas amoras, romãs e marmelos.Trouxemos quatro sacos, quinze quilos de marmelos! De tarde fiz um bolo de romã, colocamos uma manta e lanchámos no jardim. Esta semana irei fazer marmelada. Se alguém que lê este blogue tiver alguma receita e quiser partilhar ficarei agradecida. Nunca cozinhei tal iguaria, a não ser comer a marmelada que a minha avó fazia e guardava nas malgas de louça. [Saudade].












24 comentários

  1. Ai, isto não se faz, logo pela manhã!

    ResponderEliminar
  2. Bom dia,

    tens toda a razão os fim-de-semana são mesmo especiais porque a família está toda junta e há mais tempo para coisas que no corre-corre da semana não é possível fazer.

    Há duas semanas atrás voltei a fazer marmelada, dá bastante trabalho, mas é uma delícia! Aqui tens a minha receita: http://twinsandcrafts.blogspot.pt/2010/09/marmelada-marmalade.html

    ResponderEliminar
  3. Esse bolo tem um aspecto fantástico! Bem sei que a qualidade das suas fotografias ajuda, mas está fantástico.
    Se descascar romãs não sujasse tanto as mãos, pedia-lhe a receita!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Carminho Handmade, se cortar a romã ao meio, transversalmente, e bater na casca com qualquer coisa dura (eu uso um cabo qualquer - descascador de cenouras,etc) as bagas da romã soltam-se todos sem esforço. Quando me ensinaram este truque eu nem queria acreditar! Tão fácil!
    (fazer isto em cima de uma tijela grande para amparar a queda das bagas)
    Márcia, vou perguntar à minha mãe como faz a marmelada e venho cá dizer. É que esta semana também vou fazer a minha primeira... :)

    ResponderEliminar
  5. Carminho, o truque que a Carla Morais menciona aqui é real :)

    ResponderEliminar
  6. Obrigada Carla! Já tinha ouvido falar desse truque, mas receava de destruíse as bagas da romã. Se me diz que resulta mesmo, não tardarei em experimentar!
    Márcia, que venha então essa receita!

    ResponderEliminar
  7. ahhh q saudades de um piquenique!!! nao conhecia o truque da roma, tenho de experimentar.
    No meu caso ele n esta em casa todos os fds, este nem o vi. Mas se estiver e sempre muito bom.
    alem disso associo o fim de semana ao estarmos todos juntos em familia. sabado almocar com os meus avos, compras a tarde. domingo caminhada matinal na praia, almocar em familia, ir dar um passeio a tarde. Ahh que boas memorias

    ResponderEliminar
  8. Podia por aqui a receita do bolo de romã? Nunca tinha ouvido falar. Está com um aspeto fantástico, parece red velvet!

    ResponderEliminar
  9. Que dádiva da Natureza, toda essa fruta saudável e que bom poder ciolhê-la assim directamente da árvore. Este fim-de-semana comprei marmelos e fiz marmelada e geleia (as cascas e caroços é pena desperdiçá-los), como a receita da minha mãe: lavar os marmelos, descacá-los. Reservar as cascas e caroços para fazer a geleia. Quanto à marmelada, fiz assim (bem doce porque as crianças adoram): pesar os marmelos sem casca e caroços, igual peso de açúcar (ou ligeiramente menos), colocar num tacho e levar ao lume. Ir mexendo de vez em quando. Ontem fiz com açúcar amarelo, hoje vou fazer mais com açúcar branco.

    ResponderEliminar
  10. Obrigada Andreia, assim parece-me muito fácil.

    ResponderEliminar
  11. As fotos estão uma delicia para os olhos:)
    A marmelada também faço como a Andreia e ontem já estive a olhar para os meus marmelos, tenho as árvores carregadas assim que poder também vou fazer, boa semana :)

    ResponderEliminar
  12. Nunca provei bolo de romã! Tem un aspecto delicioso! Fiz esta receita de marmelada: http://www.casadapucarica.blogspot.pt/2012/09/marmelada.html

    ResponderEliminar
  13. A pedido dos leitores aqui fica a receita deste bolo de aspecto e sabor maravilhoso! Na realidade a receita do bolo é inglesa e é conhecido por Red Velvet, veludo vermelho. Chamei-lhe bolo de romã, por levar sumo de romã (usei sumo da marca "the berries company) e pequenos gomos na decoração do mesmo. Se pesquisarem no google "Red Velvet" vão aparecer imensas imagens bem como receitas.

    ResponderEliminar
  14. Ando para experimentar o Red Velvet há uns tempos... Depois de ver estas imagens fiquei ainda com mais vontade.

    Bestiais, as fotos!!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  15. Olá, a marmelada é relativamente fácil de fazer por o marmelo ter muita pectina. Primeiro tens de decidir se queres a marmelada com ou sem a casca dos marmelos, o que depende da aspereza da casca e do teu gosto: marmelada mais fina ou mais grossa; depois é só seguir a receita http://cadernodecheiros.blogspot.pt/2012/08/marmelada.html.
    Já que vais fazer marmelada pensa em fazer geleia, que é mais trabalhosa, mas muito saborosa - http://cadernodecheiros.blogspot.pt/2012/08/hoje-geleia.html. Diverte-te.

    ResponderEliminar
  16. Adorei ver este maravilhoso Outono pela tua lente :) Bom mês de Outubro!

    ResponderEliminar
  17. Sim, tens toda a razão, os fins-de-semana são sempre tão especiais.. e pelo que descreves o teu foi mesmo aquilo que de melhor se pode fazer num fim-de-semana de Outono :)
    E as imagens estão fantásticas. Que cores tão bonitas!
    (ah, e em relação à marmelada, só fiz uma vez, segui uma receita da net de marmelada na panela de pressão, utilizei os marmelos com casca e pus também um pouco de sumo de limão e resultou bastante bem ;) )

    ResponderEliminar
  18. Adorei este "look" de Outono, o bolo tem cá um aspeto divinal :) A experimentar, sem dúvida :)
    Cumprimentos!

    ResponderEliminar
  19. então este é o bolo :)))
    já tenho marmelos e também irei ter marmelada!
    beijinhos Márcia!

    ResponderEliminar
  20. As fotografias estão um amor! A minha avó ainda faz a marmelada e guarda nas malgas de louça. é tão boaa! vou-lhe perguntar a receita!! :))

    ResponderEliminar
  21. adoro roer marmelos, ficar a ruminá-los durante muito tempo (assim mesmo, crús!) :)

    ResponderEliminar
  22. Boa tarde, se calhar já venho tarde, mas também me estreei na marmelada este ano e correu tudo ás mil maravilhas com a receita que deixei na resposta aos comentários deste meu post:

    http://deixaentrarosol2.blogspot.pt/2012/09/bom-dia-outono.html

    fazendo com casca dá muito menos trabalho e o resultado é perfeito! No meu caso, que procurava fazer uma tão boa como a que a minha avó fazia, posso dizer que ficou igualzinha :)

    Por estes dias vou fazer o teu bolo de romã!

    ResponderEliminar

Instagram