Social Icons

La mia Itália

22 de maio de 2012




(Scanner de alguns dos meus negativos)

Sabem aqueles lugares que quando éramos mais novos dizíamos sempre que um dia iríamos conhecer? Ou de lua de mel ou à aventura. Tinha muitas colegas de escola que sonhavam  com férias no Hawaii outras com o Brasil, eu suspirava de amores por Itália! 
Apaixonei-me pela língua Italiana muito cedo e há muitos anos atrás com o dinheiro que juntara inscrevia-me no meu próprio curso,  daquela que achava : «la più bella lingua del mondo!». As bases que tinha de latim, disciplina que dominava e absorvia com determinação ajudaram a conquistar um pouco mais este idioma e para reforçar em casa o meu querido "babbo" insistia e falava muitas vezes em italiano. Não sei bem o porquê,  desta tão doce lembrança, talvez porque no mês que se aproxima farão 17 anos que visitei este país. E 17 anos, de uma amizade que ainda perdura entre a guia que nos acompanhou e que me escreve ano após ano, e que hoje é a minha amiga Glória. Diria talvez, que a Itália foi um fatal destino de amor à primeira vista. E de uma paixoneta pelo meio, por um Italiano lindo de morrer, que me roubou um belo beijo num terraço com vista para a baía de Napoli e que me destroçou o coração durante meses ao sabor das melodias dramáticas e românticas da musica italiana!!!

Impossível é escapar, ficar indiferente à beleza que este país provoca a quem o visita. Ao contrário, de algumas cidades europeias ou até mesmo mundiais, cidades e vilas italianas expõem-nos e surpreendem-nos com toda a sua magnitude de história e beleza, em cada recanto de uma rua, de uma praça, ou de uma esquina, Itália é no seu todo um museu a céu aberto. Em cada sítio, existe um inestimável testemunho de história e arte. E quanto a nós? Enfeitiçados prometemos um dia voltar, ao país onde a arte não tem tempo. 

E pergunto-vos:
-Qual foi a vossa viagem eleição, aquela que mais vos marcou? O país cuja a visita vos faria voltar seja qual for a razão. Querem partilhar a vossa experiência? 

9 comentários

  1. São Tomé e Príncipe, voltava lá e adorava lá morar. Cultura africana, calor, pessoas amigáveis, boa comida e uma Natureza imperdível...não há melhor!
    Ai, é tão bom sonhar!

    ResponderEliminar
  2. Sinto-me uma sortuda pelo que já viajei. Mas, a primeira viagem maior que fiz, tinha 13 anos acho. Fui 3 semanas para a Sicília, com o grupo folclórico. Tudo o que descreveste fez sentido para mim. Já voltei a Itália mais 4 vezes (mais para o Norte, pois fiz amigas italianas que estavam de erasmus em Lisboa e temos mantido o contacto). Adoro Itália, a língua, que não falo mas entendo, a comida, as cidades, e os homens... pois é (já constam alguns na minha lista cof cof).

    Mais pela diferença de cultura, outra viagem que me marcou foi o Japão. Fiz um intercâmbio cultural. Dava pano para mangas. :) Fica para outra altura.

    ResponderEliminar
  3. É difícil escolher, mas coincidência ou não, Roma foi um dos primeiros sítios que visitei e é muito difícil de esquecer.
    Talvez haja mais um onde já voltei mais vezes, completamente diferente, e que não tem nada a ver: as Maldivas.
    Ler este texto foi uma boa forma de começar o dia ... trouxe-me boas recordações. Obrigada :)

    ResponderEliminar
  4. Bem, já fui a Itália duas vezes e voltaria as vezes que fossem precisas. Sou apaixonada por Florença. :)
    Mas outro sítio onde voltaria e seria feliz era Nova Iorque, é diferente mas também toca profundamente... :)

    ResponderEliminar
  5. Ao ler este post, senti que vinha directamente também da minha alma. Partilho este sentimento por Itália. Algo me prende a este país que não consigo explicar. Também eu estudei italiano e viajei inúmeras vezes até Itália. E continuo a querer regressar. Este ano talvez volte e desta vez com a minha filhota bebé também.
    Obrigada pelas lindas palavras.

    ResponderEliminar
  6. Olá Márcia! Também eu partilho uma paixão imensa por Itália...Apenas visitei uma vez, mas sei que voltarei!...Adoro tudo! É um país com uma história imensa, grandiosa, tem imensas cidades, locais lindos, lindos, para visitar. Em muitos paises nós temos cidades referência para visitar, ali não! É de se começar numa ponta e terminar na outra! Tudo grandioso!
    Adoro as massas, adoro o vinho, adoro os gelados, aqueles restaurantes fantásticos com música e com esplanadas iluminadas com velas...
    Adoro a língua e claro, os italianos, que são um charme!
    Para mim, também não existe país que me complete tanto, como este.
    Porém, pela diferença cultural, adorei visitar o Oriente: Macau, China e Hong Kong. É uma realidade muito diferente da nossa!
    Márcia, tempos que já lá vão, sem crise, sem marido e sem filhote!
    Um grande beijinho para si!

    ResponderEliminar
  7. Que engraçado! Ando a "chatear" o marido para irmos a Itália porque quero lá voltar!!! Também vim encantada. Estive lá em 2000 e como tive História da Arte disse à minha irmã: vê lá que nós vamos ver muita arte e não te ponhas a fazer figuras como: ahhh! E afinal quem fez as figuras fui eu! Foi muito emocionante poder ver obras que só via nos livros! Adorei e quero voltar! Obrigada pelo post, voltei às lembranças!

    ResponderEliminar
  8. Eu voltava a Verona, Veneza e a Pipa (Brasil) amei !

    http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ResponderEliminar
  9. Tal apaixonada que fui, que após estudar o italiano, deixei o meu Rio de Janeiro e cá estou em Roma há mais de uma década. Se penso em lugares e cidades que amo: Lisboa está no meu coração. Há tanto do Brasil (e do Rio de Janeiro) por ali, que me sinto em casa. Também gosto muito de alguns lugares africanos por onde o português pisou. Porque ali naquelas partes se une o mundo lusitano, me sinto em casa!!! Luciana R.

    ResponderEliminar