Bom Ano!

Há uns dias lembrei-me que tinha uns velhos jeans que serviriam muito bem para andar no quintal. Fui procurá-los e dentro de uns dos bolsos encontrei um minúsculo bolbo. Um bolbo que mais de um ano esteve fora da terra, sem luz, apenas dentro de um armário e que no entanto desabrochou para a uma nova vida no bolso das minhas próprias calças de ganga! Engraçado inverter esta história e pensar na dualidade de sentidos, na metamorfose e simbologia que este pequeno grão de vida suscita! Ultimamente tenho feito o esforço por reprimir os meus desejos e anseios e com isso tenho aprendido que a ambição de querer/ter é senão um desejo mal disfarçado, uma ilusão que não contribui em nada para a verdadeira felicidade. Aprendi que o suficiente é tudo e que através dele tenho toda a liberdade para viver e ser feliz.

Desejo-vos um Feliz Ano Novo 2012!

10 comentários

  1. Um bom ano Márcia!
    Revejo-me em tudo aquilo que escreves, um beijo!*

    ResponderEliminar
  2. Espectacular!

    Bom ano também para ti Márcia!

    ResponderEliminar
  3. Também eu me revejo. Tenho aprendido o mesmo. :))

    Feliz 2012, Márcia!!!

    Bjos.

    ResponderEliminar
  4. adorei Márcia :)
    e na verdade as coisas mais importantes na nossa vida... não são coisas!
    muito sucesso apra 2012.

    xoxo

    ResponderEliminar
  5. Bela mensagem na forma de uma semente, um nascimento, um começo.
    Bom 2012.

    ResponderEliminar
  6. Espero que esse "bolbo" cresça e dê flor e dela nasça alegria, que é tudo o que precisamos para sermos completos!
    Felicidades

    ResponderEliminar
  7. Ora nem mais! :) Nós bastamo-nos a nós próprios e à nossa felicidade... com ou sem bolbos pelo caminho :)
    Bom ano!! ***rita

    ResponderEliminar