Sobre o Facebook.

Ando há uns tempos a analisar como se processa a vida à volta de uma página facebook, as visitas, os comentários, as partilhas, etc... Sei de antemão que as páginas são uma mais valia para fazermos conhecer o nosso trabalho, mas sei também que a ideia de ficar dependente de um vicio não me agrada! Vejo também muita disputa, amizades desmesuradamente exageradas e os "grupinhos" que não me encaixo em nenhum. Antigamente tínhamos somente os blogs e hoje cada vez mais vejo que os blogs são meramente secundários. A atenção, os comentários e opiniões debruçaram-se e focaram-se num só lugar, no facebook! São modas, primeiro o flickr agora o facebook, como já tenho dito não sou pessoa que me identifique assim. Gosto demasiado do meu blog e não quero de forma alguma substitui-lo por uma página. Quero trabalhar mais nele e investir o meu tempo aqui. O Facebook penso que se entranha quase como um vício, ou se larga ou ficamos meio dependentes. Vejo isso cada vez que faço login, sempre as mesmas pessoas horas e horas ali. Há uns tempos experimentei fechar uma conta fb e a sensação foi estranha, tipo, parece que ficamos à margem de um passeio onde tudo se passa e ninguém nos vê! Hoje, mantenho a minha conta pessoal onde decidi ter apenas os meus amigos reais e a página voltei a reabrir por questões profissionais. Mas na realidade não sei se quero continuar ali. Prefiro como diz a Sílvia procurar viver uma vida mais física!

9 comentários

  1. É verdade! Mas no FB optei por ter uma página pessoal e uma profissional. No entanto, o blog não tem página no FB. Publico um aviso de que postei no blog, mas se este tiver uma página, o tráfego do blog desaparece! Assim, consigo ter uma participação mais equilibrada sem ficar a perder!

    ResponderEliminar
  2. Concordo contigo! O blog é mais intimista, mais acolhedor! Apesar se ser moda, consigo ainda não entrar muito na corrente, vamos ver se resisto ainda mais tempo:)

    ResponderEliminar
  3. Oi Deva querida, que texto ótimo e libertador. Concordo contigo e só pratico "FB",pois trabalho com jovens e preciso estar na vista deles, por questão até de credibilidade,pois jovens querem alguém que seja capaz de acompanha-los... mas 1000 vezes nossos blogs!!!
    grande bj

    ResponderEliminar
  4. Bem vinda ao Clube!! Adoro os blogs, tudo o que envolve, escrever um post, mesmo que ninguém o vá ler, fica ali a minha memória, a minha pegada.
    Quando alguém me pergunta "Não tens Facebook?" e digo que não, fazem uma cara do tipo "és algum ET?!". Apenas activei uma conta para aceder ao Pinterest.
    Continua aqui pelo blog, pois eu tenho muito gosto em vir cá.
    Bjocas

    ResponderEliminar
  5. Mais uma que não aprecia o facebook.

    Prefiro o blog... é como ter uma vivenda no meio do campo, onde se vive dentro da nossa casa que decoramos como gostamos e no quintal plantamos o que queremos.

    O facebook, faz-me lembrar favelas onde todos vivem em cima uns dos outros sempre a cuscar e as espiolhar, onde a decoração é impessoal e não temos espaço no quintal para plantar coisa alguma :P

    Já tive conta ja apaguei. Agora tenho novamente, mas raramente visito, uso porque é uma forma de falar com antigos colegas de escola e universidade, bem como amigos e vizinhos da minha infancia.

    :)

    ResponderEliminar
  6. Mais uma que não aprecia o facebook.

    Prefiro o blog... é como ter uma vivenda no meio do campo, onde se vive dentro da nossa casa que decoramos como gostamos e no quintal plantamos o que queremos.

    O facebook, faz-me lembrar favelas onde todos vivem em cima uns dos outros sempre a cuscar e as espiolhar, onde a decoração é impessoal e não temos espaço no quintal para plantar coisa alguma :P

    Já tive conta ja apaguei. Agora tenho novamente, mas raramente visito, uso porque é uma forma de falar com antigos colegas de escola e universidade, bem como amigos e vizinhos da minha infancia.

    :)

    ResponderEliminar
  7. 100% de acordo!

    Os "grupinhos" nem se fala!!

    Os comentários no meu blogue,que me davam tanto prazer ler, quase desapareceram, só comenta quem não tem fb.

    O curioso é que arranjei num instante mais de 100 seguidores no fb e no blogue levei muito tempo a ter os setenta e picos que tenho hoje.
    No fb Tenho uma página do tipo "comercial", junto com as mulheres da família,que considero positivo. Na minha página pessoal, recentemente simplesmente fiz "delete" em muita gente, que considerei os "cuscos" que não têm mais nada que fazer!

    bjns e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  8. Também tenho um pouco de aflição do fb, mas entendo que ele cria ótimas oportunidades para as empresas interagirem melhor com seus clientes. Tenho uma conta pessoal, onde divulgo alguns posts do meu blog e já pensei em fazer uma página específica dele. Quem sabe mais para frente...


    Camila Faria

    ResponderEliminar
  9. Olá

    Conheci o teu blog através da "inspiração inesperada", onde te deixei lá uma sugestão à parede de ardósia :)
    Desde já dou-te os parabéns pelo blogue e pelo teu trabalho, gostei muito e vou passar a cá vir mais vezes.

    Quanto ao facebook, também eu não tenho muita pachorra para aquilo.Se não fossem as partilhas das mensagens do meu blogue aquilo ficava morto!!

    beijinhos

    ResponderEliminar