Social Icons

Bom Ano!

30 de dezembro de 2011

Há uns dias lembrei-me que tinha uns velhos jeans que serviriam muito bem para andar no quintal. Fui procurá-los e dentro de uns dos bolsos encontrei um minúsculo bolbo. Um bolbo que mais de um ano esteve fora da terra, sem luz, apenas dentro de um armário e que no entanto desabrochou para a uma nova vida no bolso das minhas próprias calças de ganga! Engraçado inverter esta história e pensar na dualidade de sentidos, na metamorfose e simbologia que este pequeno grão de vida suscita! Ultimamente tenho feito o esforço por reprimir os meus desejos e anseios e com isso tenho aprendido que a ambição de querer/ter é senão um desejo mal disfarçado, uma ilusão que não contribui em nada para a verdadeira felicidade. Aprendi que o suficiente é tudo e que através dele tenho toda a liberdade para viver e ser feliz.

Desejo-vos um Feliz Ano Novo 2012!

Comida de Inverno - Gratinado de Couve Flôr

29 de dezembro de 2011


Uma das coisas que mais gosto de fazer nestes dias frios é preparar pratos de comida de inverno. O forno é o meu grande aliado e agora que estamos em pleno inverno acaba por ser uma desculpa mantê-lo tantas vezes ligado. Para além do mais, aquece a cozinha, seca os panos húmidos, e dá aquele ambiente acolhedor, talvez mesmo por esta e outras razões, suspire de amores por um dia vir a ter um forno a lenha!


Neste prato preparei um vegetal, que cá em casa só conseguimos comer se for cozinhado no forno, couve-flor gratinada. É um bom acompanhamento para um grelhado de peixe ou carne e são imensos os benefícios destas pequenas flores cor de neve.

Receita:
Cozer uma couve-flor em água e sal. Escorrer bem. Separar todos os "gomos" das flores e colocar numa travessa de ir ao forno. Com os dedos desfazer um pedaço de queijo mazzarella e deitar sob a couve-flor, tapar tudo com maionese light (usei de frasco) e por fim polvilhar tudo com queijo parmesan. Ir ao forno.

Tricot II

20 de dezembro de 2011



A minha mãe tricotou dois cachecóis para me oferecer e um outro para uma amiga minha. Um deles em tons terra em malha bago de arroz e outros dois em branco. Lembro-me de ver a minha mãe fazer malha sempre com muita agilidade e uma rapidez sem igual, talvez tenha sido essa a razão principal, pela qual nunca tenha conseguido acompanhar o movimento das agulhas para a minha própria aprendizagem!

Há uns tempos em casa dos meus sogros também descobri este livro, sobre como tricotar à mão e à maquina e trouxe-o comigo. Espero agora que a minha amiga Lígia me traga as agulhas que comprou em Dusseldorf e enquanto isso preparo-me para procurar um site que venda lãs 100% portuguesas. Alguém me sugere alguma loja? Sou ainda uma iniciante nesta área e como tal tenho imensas dúvidas. Sites e explicações são muito bem-vindos!

Translate

Promoção de Natal

16 de dezembro de 2011

Estes produtos, de uma colecção mais antiga, estão agora em promoção até ao final do mês de Dezembro. Quem comprar um destes artigos recebe ainda uma pequena lembrança de Natal! Aproveitem!


  • Boneco de pano estampado Ikea - 6€

  • Almofada estampada em tecido algodão acetinado - 8€


  • Conjunto mala e écharpe - 15€ (Indisponível)

Translate

Cheiro a Campo e Bosque

13 de dezembro de 2011



Voltei a dar uso aquele meu antigo carimbo artesanal indiano. Estampei linho branco com tinta própria para tecido, deixei secar, lavei e no dia seguinte foi só trabalha-los. Dentro de cada saco, um bocadinho de cheiro a campo e bosque. Estão ambos disponíveis e são vendidos ao par.

Coroa de Bagas Silvestres

11 de dezembro de 2011

Com algumas bagas de inverno aqui da serra fizemos esta coroa para a entrada da nossa casa.

Na Mesa

9 de dezembro de 2011


Saí do trabalho às 20:00 e pelo caminho pensei: apeteciam-me rissóis caseiros! Como não conheço aqui na zona ninguém que os faça para venda decidi eu própria experimentar fazer. Sempre me pareceu que nunca seria capaz de tal proeza gastronómica, pois associo este feito às nossas mães, tias e avós. Enganei-me, em pouco mais de uma hora tinha cozido o peixe, estendido a massa e tinha ali 34 rissóis feitos por mim. Uma maionese batida com uma beterraba e legumes a acompanhar.

Saquinhos Perfumados

7 de dezembro de 2011


Estes são os saquinhos perfumados a eucalipto. Folhas colhidas e secas por mim aqui do campo e serra. São almofadas pequenas que se podem guardar nos armários e gavetas para perfumar. Uma prenda económica para oferecer neste Natal.

***Enfeites de Natal***

5 de dezembro de 2011


Estes são alguns dos bonecos de Natal encomendados pela Carolina, a Marta e a Rita para decorarem as suas árvores este Natal. Nunca tinha feito este tipo de trabalho: criativo, lento, minucioso e completamente handmade! Para o ano há mais.

(Disponíveis apenas por encomenda)

Um dia em Casa

3 de dezembro de 2011

Um dia inteiro a costurar, em que praticamente só saí do atelier, para cozinhar as refeições principais para a família. Dias que nem pomos um pé na rua, há prazos e entregas para serem cumpridos e por isso o dia tem de render, tem de ser produtivo. Apesar da perseverança, gosto de dias assim, bem preenchidos e desafiantes!

Hoje partilho convosco uma receita que fiz. É rápida e é uma refeição leve, que pode ser feita para um jantar, por exemplo...

Crepes três queijos e espinafres.

Fazer a massa de crepes. Eu faço a minha assim:
3 ovos
100 g de farinha
50 g de margarina
2,5 dl de leite
uma pitada de sal.

Para guarnecer os crepes, cozi uma embalagem de espinafres e salteei-os em azeite e alho. Com um garfo desfiz um requeijão, uns cubos de queijo feta e mozzarella. Temperei a mistura dos três queijos com pimentas variadas e cardamomo. Envolvi-a nos espinafres e recheei os crepes um a um. Coloquei-os lado a lado num tabuleiro de ir ao forno e reguei-os com natas de soja. Deixar no forno o tempo de gratinar as natas (15 minutos aproximadamente).

Preto & Branco

2 de dezembro de 2011


Fiz estas duas almofadas para a Loja, uma totalmente branca, sóbria e elegante, a outra em branco com preto a contrastar. Gosto de ambas. Fazem-me lembrar um jogo de damas.

Translate

Gingerbread Man

29 de novembro de 2011


Para além dos corações habituais e dos pinheirinhos de Natal, chegou a vez do Homem de Gengibre. Este Homem de Gengibre cabe-me na palma da mão, é feito em feltro e bordado a linha branca de algodão. São vendidos em sacos de 6 unidades. E já estou a pensar fazer um gigante para decorar a nossa sala!

Translate

Pelo Campo,

27 de novembro de 2011


divertimos-nos apanhar bolotas, folhas, pinhas, ramos de eucalipto e murtas. A ideia é fazer um quadro para a nossa sala só com folhas outonais. O resto servirá para uma coroa de outono.


Translate

Porta Chaves

24 de novembro de 2011


Ao fazer os porta chaves de fazenda (oferta das Malas de Inverno), lembrei-me de que poderia fazer mais alguns para colocar na Loja. A ideia surgiu e eles vão estar daqui a nada à venda na Etsy.


Translate

Chocolate

23 de novembro de 2011



Tecidos, onde Comprar?

22 de novembro de 2011


Resolvi escrever um post sobre a questão da compra dos tecidos. Não vejo mal nenhum, em responder, quando uma pessoa se interessa e nos interroga simpaticamente e educadamente pedindo alguma informação sobre o tema; ao contrário daqueles emails em que somos literalmente perseguidas por simplesmente quererem criar réplicas daquilo que fazemos! Aí, nem respondo! Quando compro tecidos tenho em atenção as peças que vou realizar, depois é seleccionar o tipo de material (algodão, fazenda, lona, etc...), a quantidade e a cor. Dou preferência aos materiais de boa qualidade e compro sempre stock a mais para poder guardar.
As compras faço-as em diversos sítios, desde lojas locais (de rua), à compra online. Vou deixar-vos algumas indicações.

Em Portugal:
Paga Pouco: (Costumam ter umas fazendas óptimas, feitas no norte do país; linho cor cru compro sempre aqui)
Arco Íris a Metro: Quando não queremos esperar muito tempo pelos tecidos importados. (Esta loja tem uma vasta escolha de tecidos internacionais)
At Home: Tecidos japoneses.
Armazéns de Campo de Ourique: Recorro quando quero comprar os tecidos básicos (riscas e bolinhas)
Retrosaria o Brazão: Boas linhas, botões, fitas, etc...

(* O que é chato, comprar em PT é que nos sujeitamos a ver muitos trabalhos com tecidos iguais.)

No Estrangeiro:
Purl Soho (Gosto muito!)
Sew, Mama, Sew! (vale a pena as promoções)

O coelho chama-se Délhi e chegou no Domingo cá a casa.

Malas de Inverno

19 de novembro de 2011

Existem três novas malas de Inverno que vão estar disponíveis na Loja. Todas foram feitas com tecidos quentinhos. As alças são em cabedal castanho. Cada mala é acompanhada de uma lembrança, um porta chaves feito no mesmo padrão.

Ref.:003/11

Esta mala em fazenda estilo escocês faz-me lembrar as antigas saias de colégio, eu própria usei uma na minha infância, com pregas e com um alfinete a prender para não se abrir. Ainda hoje é um dos meus padrões favoritos.

Mala tipo sacola
Com forro interior em cinza claro e bolso.
Dimensões Aproximadas: 43 x 40 cm
Altura: 75 cm




Ref.:004/11

Mala de Mão
chanel algodão Rosa /Pérola
Alças em cabedal castanho
Interior em linho cor cru.
Dimensões Aproximadas: 38 x 31cm
Altura: 51 cm
* Com oferta de porta chaves

Ref.:005/11

Mala de Mão.
Tweed cor azul, castanho e tijolo.
Alças em cabedal castanho.
Forro interior em tecido de algodão cinza com bolas brancas.
Bolso exterior.
Dimensões Aproximadas: 37 x 32 cm
Altura: 51 cm
* Oferta de Porta Chaves.

Translate

Sobre o Facebook.

17 de novembro de 2011

Ando há uns tempos a analisar como se processa a vida à volta de uma página facebook, as visitas, os comentários, as partilhas, etc... Sei de antemão que as páginas são uma mais valia para fazermos conhecer o nosso trabalho, mas sei também que a ideia de ficar dependente de um vicio não me agrada! Vejo também muita disputa, amizades desmesuradamente exageradas e os "grupinhos" que não me encaixo em nenhum. Antigamente tínhamos somente os blogs e hoje cada vez mais vejo que os blogs são meramente secundários. A atenção, os comentários e opiniões debruçaram-se e focaram-se num só lugar, no facebook! São modas, primeiro o flickr agora o facebook, como já tenho dito não sou pessoa que me identifique assim. Gosto demasiado do meu blog e não quero de forma alguma substitui-lo por uma página. Quero trabalhar mais nele e investir o meu tempo aqui. O Facebook penso que se entranha quase como um vício, ou se larga ou ficamos meio dependentes. Vejo isso cada vez que faço login, sempre as mesmas pessoas horas e horas ali. Há uns tempos experimentei fechar uma conta fb e a sensação foi estranha, tipo, parece que ficamos à margem de um passeio onde tudo se passa e ninguém nos vê! Hoje, mantenho a minha conta pessoal onde decidi ter apenas os meus amigos reais e a página voltei a reabrir por questões profissionais. Mas na realidade não sei se quero continuar ali. Prefiro como diz a Sílvia procurar viver uma vida mais física!

Gratinado de Abóbora

16 de novembro de 2011

Dando seguimento ao post anterior, ainda sobre receitas com abóbora.


Sobrou-me alguma abóbora que tinha da cozedura da receita dos brownies. Então resolvi improvisar algo para o jantar de hoje. Com um garfo desfiz a abóbora e reduzi a puré. Temperei com sal, açafrão e pimentas. Coloquei em duas taças de ir ao forno e guarneci-as com molho béchamel, mozzarella e parmesan. O aspecto é este e parece-me óptimo!

Translate

Chocolate-Pumpkin Brownies

15 de novembro de 2011


Ontem, para a ceia a acompanhar o nosso habitual chá fiz brownies. Parti a abóbora que nos deram aqui no campo e aproveitei a fazer uma receita da revista "Better Homes and Garden"que tinha guardada nos favoritos há uns tempos. Estes brownies têm a particularidade de serem diferentes, pois são metade chocolate, metade creme de abóbora. São saborosíssimos e a meu gosto melhores que a tradicional receita de chocolate. Experimentem que vale a pena!

Marbled Chocolate-Pumpkin Brownies
ingredients
  • 3
    ounces cream cheese, softened
  • 1
    tablespoon butter, softened
  • 1/2
    cup sugar
  • 1
    egg
  • 1
    cup canned pumpkin
  • 1
    teaspoon vanilla
  • 1/2
    teaspoon ground cinnamon
  • 1/4
    teaspoon ground ginger
  • 1
    tablespoon all-purpose flour
  • 1 1/4
    cups all-purpose flour
  • 3/4
    teaspoon baking powder
  • 1/2
    teaspoon salt
  • 6
    ounces unsweetened chocolate, chopped
  • 3/4
    cup butter, cut up
  • 2 1/4
    cups sugar
  • 4
    eggs
  • 1/4
    cup milk
  • 2
    teaspoons vanilla
  • 3/4
    cup coarsely chopped walnuts, toasted (optional)

    directions
    1.Preheat oven to 325 degrees F. Line a 13x9x2-inch baking pan with foil, extending foil over the edges of the pan. Grease the foil; set pan aside.
    2.In a medium mixing bowl beat cream cheese and the 1 tablespoon butter with an electric mixer on medium to high speed for 30 seconds. Add the 1/2 cup sugar. Beat until well combined, scraping sides of bowl occasionally. Beat in 1 egg, the pumpkin, 1 teaspoon vanilla, the cinnamon, and ginger until combined. Stir in the 1 tablespoon flour. Set aside.
    3.In a small bowl stir together the 1-1/4 cups flour, the baking powder, and salt; set aside.
    4.In a large saucepan combine the chocolate and 3/4 cup butter. Cook and stir over low heat until melted and smooth. Remove from heat. Gradually add the 2-1/4 cups sugar, beating with an electric mixer on low speed just until combined. Add the 4 eggs, one at a time, beating well after each addition. Beat in milk and the 2 teaspoons vanilla. Gradually beat in flour mixture just until combined.
    5.Spread chocolate mixture evenly in the prepared pan. Spoon cream cheese mixture in several mounds on top of the chocolate batter. Using a narrow metal spatula, gently swirl the cream cheese mixture into the chocolate batter. If desired, sprinkle with walnuts.
    6.Bake about 60 minutes or until center is just set when pan is gently shaken. Cool in pan on a wire rack. Use foil to lift uncut brownies out of pan. Cut into brownies.

    *Bom, primeiro quero-vos dizer que segui a unidade de medida inglesa para ser mais fácil. Quem não tiver uma medida destas, pode adquirir uma por exemplo numa loja Ikea.

    Para Começar: bati 3 oz (onça) de creme queijo (usei o que tinha em casa, queijo Philadelphia) com uma colher de sopa de manteiga amolecida. Adicionei 1/2 cup de açúcar, 1 ovo, 1 colher de chá de essência de baunilha, canela e a abóbora (previamente cozida e escorrida/ 1 cup). Reserve.

    A parte: 1-1/4 cup de farinha, 1 colher de chá de fermento e uma pitada de sal refinado. Reserve.

    Numa outra taça bater 6 oz de chocolate derretido (usei uma tablete de chocolate negro de cozinha) com 3/4 cup de manteiga amolecida, mais 2- 1/4 cup de açúcar, 2 colheres de chá de baunilha e 1/4 cup de leite. Juntar os ovos um a um e por fim a farinha (que reservamos anteriormente) gradualmente. Bater tudo.

    Forrar um tabuleiro de tamanho médio com papel de alumínio. Deitar o preparado de chocolate e por cima deste o outro preparado de queijo creme e abóbora. Com uma vara de arames mexer levemente, de modo que os preparados se misturem um pouco, mas não se juntem. Levar ao forno 60 minutos.