Papaver rhoeas

Papaver Rhoes é o nome original em latim da Papoila.
Ah! Como gostava eu de ter um campo cheio de plantas e ervas medicinais todas identificadas com estacas e os seus verdadeiros nomes latinos inscritos. E ser eu um Merlin e saber todas as poções e remédios naturais. Quem sabe um dia, um curso no instituto Hipócrates e, frequentar o belo curso de Fitoterapia.
(mais um item para a listinha about me...)

Já repararam como os nossos campos se vestiram de vermelho? Aqui nesta zona onde vivo os prados estão salpicados de inúmeras Papoilas. Esta é uma das flores que assim que se desprende da terra murcha. Antigamente os celtas reduziam as pétalas das Papoilas em pó e deitavam-nas nas papas dos bebes para que dormissem. Hoje eu utilizo diariamente as suas sementes como condimento do meu pão!

5 comentários

  1. Oh! Então ias adorar o Jardim das plantas em Paris. A visitar:)

    ResponderEliminar
  2. São muito lindas. E também sou fã das sementes.

    ResponderEliminar
  3. Deve ser adorável viver num lugar onde essas belezuras aparecem todo ano!

    ResponderEliminar
  4. Adoro flores do campo. Malmequeres, papoilas... são lindas!

    ResponderEliminar
  5. Olá!
    A Papoila é uma flor super agradável à vista. O cheiro penso sempre no perfume Flower de Kenzo que usa a linda imagem da papoila. Malmequeres são lindos e as campanulas.

    Deixo um convite: Junte-se a nós no dia 10 de Junho, no Convento dos Frades, em Trancoso, num duplo evento: «Encontro de Bloggers e lançamento do livro "Aldeias Históricas de Portugal - Guia Turístico". Para estar presente, envie um mail para aminhaldeia@sapo.pt a solicitar o formulário de inscrição e o programa das festividades. Faça-o com antecedência, pois as inscrições são até dia 2 de Junho.

    ResponderEliminar