Home Exchange

(Imagem retirada da Internet)

Home Exchange ou troca de casa é uma ideia que me está consequentemente a ocorrer.
Sinceramente ando cheia de vontade de arriscar a experimentar este tipo de turismo.
Claro que primeiramente teria que convencer o respectivo que acha a ideia "absurda" e "muito à frente", por conseguinte eu acho-a o máximo! Em segundo teria que achar alguém para...
Lógico que este tipo de turismo tem de ser muito bem conversado e planeado e não só, requer de antemão a existência mutua de um acordo de responsabilidade, confiança, blá, blá, blá...

Lembram-se do filme "The Holiday - O Amor Não Tira Férias" da realizadora Nancy Mayers?
Acho que a coisa se processa mais ou menos assim; tirando a troca de maridos que este não o dou a ninguém ; )

8 comentários

  1. Vi esse filme e um outro, que adoro: "Um divã em Nova Iorque". E, nos filmes, o amor acontece :) Na vida real, creio que esta é uma experiência com a qual só se pode aprender muito, conhecer pessoas novas, ganhar amigos interessantes... descobrir coisas boas :)

    ResponderEliminar
  2. acho uma excelente ideia, se esta casa fosse minha, que não é ..., trocaria-a já nas férias com alguém com uma casa à beira mar plantada ....

    ResponderEliminar
  3. Agrada-me a ideia, mas ao mesmo tempo não.
    Eu só aceitaria alguém com referências, com muita certeza de que ía tratar das minhas coisas quase tão bem quanto eu! Mas depois pensando bem, podia ter cá por casa alguém como o Jude Law....
    assim até ponderava a troca de casa (de marido também não).

    bjs
    Patrícia S.

    ResponderEliminar
  4. Eu também penso nessas coisas quando vejo filmes onde tudo corre bem.
    Mas... depois penso que pode qualquer coisa correr mal e então arrumo a ideia num cantinho!
    Dentro do género de história tens o livro - Uma casa na Irlanda, o filme chama-se "Tara Road"(Vidas Trocadas em português)e é com a Andiy MacDowell. Quando o li, achei que seria capaz das maiores proezas na vida!!!

    ResponderEliminar
  5. esse conceito da troca de casa, deixa-me curiosa e com pena de n ter aparecido há uns anos, acho que actualmente não teria audácia para experimentar.

    ResponderEliminar
  6. acho a ideia gira, mas confesso que estou um bocado como o teu marido...não acho grande piada a ter alguém dentro da minha casa a mexer nas minhas coisas...mas não quer dizer que discorde!!! São pessoas como tu , que fazem o mundo andar para a frente!!!!

    ResponderEliminar
  7. Já tive "estranhos" na minha casa. Mas eram amigos de amigos. Assim pessoas completamente desconhecidas não sei bem o que acho. Gostava de ser mais "aberta" nesse aspecto. Mas a ideia em si é óptima e abre muitas portas a muita gente.
    E já agora, muito obrigada pelo teu comentário tão simpático lá no meu sítio! :)

    ResponderEliminar
  8. Também já pensei nisto.A minha cara metade diz que sim, quando tivermos uma segunda casa. Até lá......vou sonhando:)
    Bom fim de semana
    Sofia

    ResponderEliminar