Portugal por dentro

Beira baixa, foi a zona que escolhemos para passear. A ideia é visitar as aldeias e vilas desta região.

O calor não tem sido um aliado nas viagens pela Serra do Açor. Ontem apanhamos cerca de 40ºC.

A 1350 metros de altura, parámos o nosso trajecto de viagem, para observar e contemplar toda a imensidão e beleza desta serra.



A vegetação é variada desde os castanheiros (que estão cheios), aos carvalhos, loureiros, aveleiras, medronheiros, cerejeiras-bravas, rosmaninho, carqueja, giestas, etc...


Encontramos nesta paisagem (apesar de todo este calor), um imenso tom verde graças aos diversos cursos de água que aqui coexistem.

As casas senhoriais e os solares antigos decoram recantos da Serra do Açor criando uma atmosfera intemporal. Muitas delas degradadas pelo tempo e a necessitarem de um restauro urgente, outras conservam-se imponentes sem apresentarem sinais da sua "velhice".














3 comentários

  1. parte de mim (do lado da mãe) vem da Pampilhosa da Serra.

    ResponderEliminar
  2. Andaste por caminhos que me dizem muito. Eu sou fã do campo, da serra, da pedra que sai das entranhas da terra. Sou da Beira Baixa, interior, já a poucos km da fronteira.
    Mais uma vez adorei as fotos!
    Beijos

    ResponderEliminar